ÁCIDOS BILIARES
Código : PIGBILI
Material : soro
Volume : 3.0 mL
Metodo : ESPECTROFOTOMETRIA
Rotina : Diária
Resultado : 15 dia(s)
Temperatura : Sob refrigeração
Coleta : Jejum obrigatório de 12 horas.
Interpretação : Indicações de realização do exame na dosagem dos ácidos biliares séricos: - Avaliação da função hepática, antes da formação dos sinais clínicos de doença avançada. - É um indicador da melhora histológica hepática em pacientes com hepatite crônica C, que estão respondendo ao tratamento com Interferon. - Marcador de colestase intra-hepática na gravidez. . Avaliação da variação habitual no jejum e no pós-prandial: A eficiência do clearance hepático de ácidos biliares no sangue portal, mantém suas concentrações séricas em níveis baixos em pessoas normais. Níveis elevados em jejum, devido à redução do clearance hepático, é um indicador sensível de doença hepática. Em pessoas sadias, os níveis de ácidos biliares séricos aumentam apenas ligeiramente após uma refeição. Em pacientes com doenças hepáticas diversas a elevação é acentuada, como na cirrose hepática, hepatites, colestase, trombose da veia porta, síndrome de Budd-Chiari, colangite, doença de Wilson, e hemocromatose. Pode-se fazer a exclusão de doenças de má absorção intestinal e doenças hepáticas metabólicas, como por exemplo Doença de Gilbert, Síndrome de Crigler-Najjar e Dubin-Johnson, quando não há qualquer elevação no pós-prandial.
Descrição : Inferior a 6 µmol/L
Voltar